Plantas medicinais: conheça os benefícios de cura e como usar em casa

Plantas medicinais: conheça os benefícios de cura e como usar em casa

  • Post category:Plantas

Noticia ND+ 06/10/2020

Famosas por oferecer diversos efeitos positivos para a saúde de maneira orgânica e natural, as plantas medicinais são opções que podem ser plantadas no quintal de casa ou encontradas crescendo de forma espontânea pelas cidades. Mas lembre-se, muitos cuidados devem ser tomados no consumo de cada planta.

O ambientalista licenciado em Estudos Sociais e especialista em Educação Ambiental pela Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina), Aléssio dos Passos Santos é colecionador e cultivador de plantas medicinais.Entre diversas outras funções que exerce, o especialista no assunto apresenta algumas das plantas que podem ser encontradas e plantadas no Estado, além de suas formas de uso.

Mas ele ressalta: “consulte sempre um profissional médico farmacêutico ou médica farmacêutica, nutricionistas ou um conhecedor de plantas antes de usar qualquer planta ou alimento desconhecido”.

Batata Doce

De nome científico Ipomea Batatas, elas ficam bem em cremes, purês, pães, fritas e em muitos outros pratos que sua criatividade permitir. A que tem cor laranja é muito rica em betacaroteno. Resgate e valorize as sementes crioulas.

A folhas em infusão servem para combater dor de garganta, fazer gargarejo, para curar feridas da boca. O chá frio, ou o caldo do macerado, cura frieiras. Lava-se os pés, deixa-se uns dez minutos e depois é preciso secar bem para tirar a umidade.A batata cozida em compressas é emoliente. Em tumores, amolece o tecido para supurar. Os banhos com o chá de suas folhas servem para lavar feridas.O pó das folhas, ricas em ferro, é usado na multimistura criada pela Pastoral da Criança.

Abobrinha do Mato ou Tajujá

Encontrada no Brasil, Peru, Bolívia e outros países vizinhos, a Abobrinha do Mato é utilizada para combater diversas doenças até os dias atuais.

As raízes da planta são usadas para uso depurativo do sangue, reumatismo, artrite, artrose e dores ciáticas. Além disso, ela tem grande ação anti-inflamatória, usada para síndrome do cólon irritável, para fadiga e estresse.O chá da raiz depois de frio e coado pode ser utilizado para tratar conjuntivite. Purgativa, emética e analgésica, é uma planta com alto valor medicinal.

Flor da Laranja Amarga

Também conhecida como Laranja Sevilha, seu óleo essencial tem grande valor no comércio, sendo usado para perfumar sabões, detergentes, cosméticos, e perfumes.As folhas também são utilizadas para insônia e espasmos. O chá das flores é usado na gastronomia como uma ótima especiaria.

A flor da Laranja Amarga é um remédio muito antigo no uso popular e científico, e pode ser usado na culinária com criatividade. De maneira medicinal, a flor é usada para acalmar e induzir ao sono, é ansiolítico, diurético e ajuda a desinflamar a garganta.Uma dica é levar a água aromatizada com a flor da laranja para o quarto durante a noite.

Açoita Cavalo ou Ivatingui

Planta melífera, que por conta da madeira leve, no passado já foi utilizada para esculturas, gamelas e até tamancos de salto alto, entre outros instrumentos.São utilizadas as flores, folhas e cascas do tronco da planta. A infusão das flores é anti-inflamatória, assim como as folhas, que também é diurética.

Elas também podem ser usadas para gargarejos contra faringites e amigdalites. A cocção da casca do tronco pode estancar diarreias, reumatismo e sangramentos. Ela também pode ser utilizada para lavar feridas, ou em banhos íntimos contra corrimento vaginal. É hemostática e anti-tumoral.

As folhas e flores são usadas como xarope para tosse, gripe e resfriado. Já a resina da casca pode dar brilho e embelezar os cabelos.No entanto, vale ressaltar que todas essas dicas necessitam de indicação e dosagem definida por um médico ou farmacêutico.

Girassol Mexicano

Também chamada de Mão de Deus, é uma planta invasora que pode ser encontrada em beira de estradas. Ela é melífera com aroma de mel marcante nas suas flores. O sabor das folhas é muito amargo.Cultivada em muitos países, ela tem uso medicinal para diversas patologias, como diabetes. Planta depurativa, pode ser usada para lavar feridas, contra diarreia, malária na África, e também utilizada na ração animal.

Além disso, ela é utilizada contra a dependência química. Com os seguintes passos:

  • Desidratar as folhas, pendurar em local bem ventilado, ou estender em uma forma no forno quente desligado, nos dois casos tem que estar bem crocante, usar no liquidificador para fazer o pó, coar em uma peneira bem fininha.
  • Guardar aquele pó em um frasco de preferência escuro, e usar no bolso ou bolsa.
  • Todas as vezes que estiver com vontade de beber ou fumar, molhar a ponta do dedo em água ou saliva, e passar a ponta do dedo no pó e botar na pontinha da língua, um ponto de acupuntura da medicina chinesa que leva até o coração.
  • Usar nas vontades de usar drogas, faça isso até umas cinco vezes ao dia.
  • Esse movimento de pegar a planta levar, abrir o frasco, pegar o pó e levar até a boca, imita o movimento repetitivo que já está mecanizado nas pessoas, então é usado também para movimento repetitivo.

Espinafre Selvagem

Uma das verduras mais nutritivas e saborosas, fácil de cultivar. Em alguns lugares, pode ser encontrada crescendo de forma espontânea.As folhas são usadas como o espinafre a suas sementes na cozinha criativa. Uma sugestão é utilizar os brotos geminados com as sementes. Também pode ser feito ração vegana para animais.

O Espinafre Selvagem, mesmo crescendo de forma espontânea em alguns locais, é muito cultivado na Índia.As folhas em cataplasma são usadas para dores reumáticas, inflamações, picadas de inseto e queimaduras solares. O chá das folhas serve para hipertensão, diarreia e espasmos.Apesar de pouco conhecida e muitas vezes desprezada, é uma planta nutritiva e medicinal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta