Sálvia, Sálvia-verdadeira ou Sálvia-das-boticas

Há mais de 700 espécies de sálvia e seu nome oficial vem do latim salvare. É uma erva respeitada desde a antiguidade: “CUR MORIATUR HOMO CUI SALVIA CRESCIT IN HORTO? “, porque um homem deve morrer se cresce sálvia em seu jardim?

Possui os poderes da imortalidade, longevidade, sabedoria, proteção e desejos.

Família botânica

Lamiaceae

Nome científico

Salvia officinales

Composição química

Thuyona, cineol, acetatos, borneol, tirterpenos, flavonóides, princípios amargos, ácidos rosmarínicos, resinas e taninos.

Advertência e usos mágicos

você não deve plantar sálvia no seu próprio jardim, pois dá azar. Procure uma pessoa estranha para plantar.

É a maior planta contra mau-olhado. Carregue com você. Usa-se as folhas como amuleto para alcançar longa vida, pois ela é o símbolo da imortalidade.

Se a sálvia estiver ficando feia no jardim é porque pode haver traição em seu relacionamento. Cuide da sálvia e de sua companheira ou companheiro.

Muitas são as simpatias com essa planta espiritual. Escreva numa folha de sálvia um desejo, coloque debaixo de um travesseiro e durma três noites. Se você sonhar com aquele desejo, ele se realizará. Depois enterre aquela folha.

Uso medicinal

Fito-hormônio para os calorões da menopausa ou falta de vitalidade. Usada para tratar infecções bucais, reduzir a transpiração excessiva na ansiedade, como bactericida para o chulé. Estimula a circulação e é muito usada na medicina chinesa para problemas menstruais, hepatite e insônias.

Também atua contra má digestão, intoxicação hepática, estresse, esgotamento nervoso, diabetes e estomatite. Diminui as flatulências e tem efeito carminativo.

Apesar de ter todas essas propriedades medicinais, é mais usada na culinária do que na medicina.

Nativa do Mediterrâneo, é poderosa, mas CUIDADO com a dose para as grávidas, para as crianças ou para quem tem convulsões, pois ela pode desencadear uma crise.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *